Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Hvid Død

Imagem
Dia 27/08 foi a vez de Hvid Død / White Death / Morte Branca, um larp dinamarquês de 2013, desenvolvido pela Nina Runa Essendrop e pelo Simon Steen Hansen. Organizado por Luiz Falcão no Espaço de Tecnologias e Artes do SESC Itaquera, como parte da programação Apenas um Jogo, que vem ocorrendo mensalmente em 2017.
O larp contou com 7 participantes (+1 organizador, totalizando 8 pessoas envolvidas). O primeiro destaque vai para o extenso workshop que antecede o larp. O motivo? Morte Branca é um larp mudo, onde toda a interação entre os jogadores se dá pela expressão corporal. Desnaturalizar os corpos, e a necessidade de criar personagens a partir dos novos corpos, desenvolvidos a partir de exercícios que envolvem restrições de movimentos, levou os participantes à comentários sobre como, por vezes, não percebemos nossos próprios corpos.

Morte Branca é sobre um grupo de pioneiros que tentaram a vida nas montanhas, mas acabam o larp sobrepujados pela neve. Além de ser proibitivo quanto à v…

Amor, vou matar o presidente, volto já.

Imagem
No dia 10 de agosto, fui um dos participantes de Amor, vou matar o presidente, volto já, um larp de Julio Borges. O larp ocorreu n'A Gruta, bar bem aconchegante, promovido pelo FERVO. Compareceram um total de 4 participantes, e o larp não tem muita enrolação: é chegar e já começar!

Extremamente pertinente em tempos de política tão polêmica, a postura dos participantes, sem nenhum acordo prévio, foi de trazer nosso cenário político real, sem criar nenhuma nova realidade puramente imaginária. Parabéns ao roteiro de Borges, que nos puxou para essa reflexão.
Antes de continuar, uma pausa merecida: a motivação dessa postagem. Pretendo, começando agora, criar um relato de caráter etnográfico de cada larp que eu participar. Com isso, mais do que descrever como foi a narrativa experimentada, a ideia é falar sobre o entorno, e os participantes.
Destarte, é importante ressaltar que, depois de aproximadamente duas horas de larp, a conversa que se sucedeu seguiu por mais quase outras duas. N…

Sobre a Saturnalia Sorocabana

Imagem
Nos dias 22 e 23 de Julho de 2017, três eventos tiveram por tema o larp na cidade de Sorocaba (interior de São Paulo). O apelido desse conjunto veio da proposta de Brian Morton, no livro Lifelike: um dos "primos" mais antigos dos larps seriam as Saturnalias romanas, festividades onde o roleplay marcava sua presença.
O primeiro desses eventos foi o encontro de julho do Grupo de Estudos de larp, que ocorre desde janeiro. A proposta do grupo é discutir livro a livro da conferência nórdica de larp. Em julho, o tema foi o livro da conferência de 2006, Role, Play, Art. Os eventos têm sido extremamente profícuos, com uma interlocução que, além do estudo do próprio larp, conta com aportes de áreas como o Teatro, a Filosofia, a Psicologia e a Comunicação.
O segundo evento foi o Ajuste os controles para o centro do sol, um larp de Luiz Prado. O larp foi escolhido para inaugurar a "blackbox sorocabana", apelido carinhoso para a garagem desocupada em minha casa, onde a partir…

Propostas de larps

Imagem
Essa postagem se destina para listar as propostas de larp das quais fiz parte (seja na criação da proposta, seja na tradução de proposta originalmente em outro idioma), e que estão disponíveis para download. Conforme novas propostas forem surgindo, essa postagem será atualizada.

2018
ViÆgóica
Co-autoria com Caue Reigota e Francisco Alves (Vencedor do Concurso Faça Você Mesmo de Jogos Narrativos 2018 - avaliações disponíveis aqui)




















Ponto de Ônibus
Tradução do larp de 2013 de Lila Clairence

2017
Sabotage!
Tradução do larp de 2017 de Simone Bonetti

The Road Not Taken
Tradução do larp de 2008 de Mike Young

2016
O fim de Agosto
Produzido durante o Ciclo de Vivências em Jogos Narrativos do SESC Sorocaba

Rádio Sereia
Produzido durante o Ciclo de Vivências em Jogos Narrativos do SESC Sorocaba

Eu gosto de você!
Tradução do larp de 2016 de Matthijs Holter

2015
CafundóS
Publicado na Revista Mais Dados de 2017

2010
Os Outros Nós
Tradução do larp de 2010 de Eirik Fatland

Acervo

Essa postagem visa manter um endereço comum para que minha produção sobre larp (tanto na esfera acadêmica quanto fora dela) esteja disponível. Conforme novos conteúdos surgirem, a postagem será atualizada.
LIVROS
2018
O verso da máscara: processos comunicacionais nos larps e RPGs de mesa (desenvolvido a partir de dissertação de mestrado defendida em 2016, disponível aqui)

CAPÍTULOS DE LIVROS 2017 Once Upon a Nordic Larp... Twenty Years of Playing Stories: Three Roads (of Translation) Not Taken Umberto Eco em Narrativas: Três caminhos (da tradução) não tomados: diferentes graus de abertura de obra (e de jogo)
Produção de Conhecimento e Compreensão: O jogo como proposta de diálogo entre os saberes

ARTIGOS 2018
Folios: Laço, ritual, máscara e mimese: um olhar para o brincar sob a ótica da compreensão
Tríade: Aproximações entre o brincar e a religiosidade: uma reflexão a partir do larp 2017
Revista Mais Dados: O efêmero e o singular: diálogo entre o larp e o metáporo 2016 Revista Mais Dad…

Desbravando um novo terreno

Imagem
A ideia desse blog é registrar minhas reflexões sobre larp, ou live action role play (Não sabe o que é? Recomendo passar por aqui, e depois vir para ).
Resumos do que tenho lido, relatos dos larps que tenho participado e/ou organizado, alguns roteiros que porventura desenvolva. Enfim, reflexões sobre larp.
Tal ímpeto surgiu após meu percurso no Mestrado (dissertação disponível aqui), onde comecei a me aventurar como pesquisador dessa prática, que pode ser vista como um jogo, uma expressão artística, uma mídia e/ou uma linguagem. Seus "usos" vão desde o entretenimento à experimentação artística, passando por instrumentalizações pedagógicas e terapêuticas.
Enfim, mais do que me prorrogar, o objetivo dessa primeira postagem é apresentar.